Sobre as provas da Fase 2

Postado por Coordenação em 11/Ago/2021

Idealmente, as provas da Fase 2 (Fase Estadual) deveriam ser aplicadas de maneira presencial para todos os alunos, para que as condições da competição fossem mais controladas e homogêneas em todas as escolas, já que nesta fase os alunos de uma escola competem com alunos de outras escolas do mesmo estado por uma vaga na Fase 3 (Fase Nacional). Entretanto, apesar de alguns estados e municípios já permitirem a abertura das escolas para todos os níveis de escolaridade, em outros estados a situação da pandemia ainda é crítica e as restrições são maiores, impossibilitando a aplicação da prova presencial em muitos casos.

Assim, a Coordenação da OBI decidiu permitir a que as provas da Fase 2 sejam aplicadas de forma online, tanto na Modalidade Programação como na Modalidade Iniciação. Ou seja, a prova pode ser aplicada presencialmente (se a escola puder e assim desejar) ou os competidores da escola podem realizar a prova em suas próprias casas.

Notem que, no caso da Modalidade Programação, o "Ambiente de Prova da OBI" deve ser utilizado pelos competidores, seja a prova realizada na escola ou na residência do aluno. O ambiente de prova para a modalidade Programação é o mesmo utilizado na Fase 1 da OBI2021 (sistema CMS, que é utilizado na Olimpíada Internacional de Informática).

Já no caso da Modalidade Iniciação, no caso de a escola optar pela aplicação presencial, a prova deverá ser realizada com "papel e lápis" e os competidores devem preencher a Folha de Respostas em papel; as Folhas de Resposta devem ser digitalizadas e enviadas para serem corrigidas pela Coordenação da OBI2021. Se a escola optar pela aplicação online, os alunos devem utilizar ao Ambiente de Prova da OBI (o mesmo utilizado na Fase 1).

Apesar de não ser a opção preferencial, a possibilidade de provas online na Fase 2 já era cogitada, conforme nota no início da página de Calendário da OBI2021. Note ainda que, se a situação da pandemia não melhorar, infelizmente a Fase 3 também poderá ser online, como ocorreu no ano passado. Mas estamos torcendo para que até a data da Fase 3 tenhamos uma melhora sensível na situação em todo o país! Volta ao início