Você está visitando: Início > Pratique > Modalidade Programação > Nível 2

2007
Chocolate
Labirinto
Móbile
Pastas
Pizza
Repositórios
Sacoleiro
Telemarketing
2008
Auto Estrada
Avião
Chuva
Frete da Família Silva
Lanche na empresa
OBI
Ogros
Ortografia
Telefone
2009
Banda
Cadeiras do auditório
Caminho das Pontes
Caçadores de Mitos
Competição de chocolate
Notas da Prova
O Fugitivo
Olímpiada
Simulador
2010
Altas Aventuras
Batalha Naval
Cometa
Elevador
Floresta
Multiplicação de Matrizes
Reunião
Telescópio
Tradutor Alienígina
2011
Caça ao Tesouro
Desafio cartográfico
Escalonamento ótimo
Expressões
O mar não está para peixe
Quadrado Aritmético
Quadrado Mágico
Reduzindo detalhes em um mapa
Vira!
2012
Banco
Bomba
Colchão
Frequência na aula
O Tabuleiro Esburacado
Soma de casas
Tarzan
Álbum de fotos
2013
Cachecol da Vovó Vitória
Catálogo de Músicas
Famílias de Troia
Janela
Lençol
Tiro ao alvo
Torneio
Vende-se
2014
Blefe
Copa do Mundo
Fechadura
Frequência
Língua do P
Mapa
Matriz Escada
Notas
PacMan
Tapetes
2015
Caixinha de Palitos
Chocolate em Barra
Cobra Coral
Cálculo
Fila
Macacos me Mordam!
Mina
O Banco Inteligente
Quebra-cabeça
(OBI2011, Fase 1, Nível 2)

O mar não está para peixe

Em um arquipélago no meio do Oceano Pacífico a economia é regida pela pesca, pois o peixe é o principal alimento disponível. Ultimamente, a população desse arquipélago tem aumentado drasticamente, o que levou a um grande aumento da pesca, e, consequentemente, a problemas.

Neste arquipélago, cada pescador vai diariamente ao alto mar com a intenção de conseguir trazer o maior número de peixes para o seu vilarejo. Com a expansão da pesca, os pescadores estão começando a jogar suas redes de pesca por cima das de outros pescadores. Com isso, os pescadores perdem, pois apenas o primeiro pescador pega os peixes da intersecção entre as redes.

A Associação dos Pescadores da ilha decidiu fazer um levantamento para descobrir quanto do mar está de fato sendo aproveitado, ou seja, qual a área do mar que está coberta por pelo menos uma rede de pesca.

Como há muitas intersecções entre as redes de pesca, é muito difícil para a associação calcular a área total da região coberta pelas redes. Por este motivo, eles pediram para que você escrevesse um programa para resolver este problema.

Como é muito difícil navegar pelo mar, os pescadores sempre jogam as redes de forma que as regiões cobertas por cada rede são sempre retângulos com lados paralelos aos eixos, se imaginarmos o mar como um plano cartesiano.

Entrada

A primeira linha da entrada possui um inteiro N indicando o número de redes que foram lançadas. As próximas N linhas descrevem as regiões cobertas pelas redes: cada uma contém quatro inteiros Xi e Xf , Yi e Yf. A região coberta pela rede em questão contém todo ponto (X, Y) tal que XiXXf e YiYYf

Saída

A saída deve conter apenas uma linha contendo a área da região do mar realmente aproveitada pelos pescadores, ou seja, a área total da região do mar coberta por pelo menos uma rede de pesca.

Restrições

  • 1 ≤ N ≤ 100
  • 1 ≤ XiXf ≤ 100
  • 1 ≤ YiYf ≤ 100

Exemplos

Entrada
2
1 3 1 3
2 4 2 4
			
Saída
7
			

Entrada
3
1 6 1 2
3 7 1 2
2 5 1 2
			
Saída
6
			

Promoção: SBC Apoio: CNPq Apoio: Algar Telecom Coordenação: Unicamp