Você está visitando: Início > Informações > Informações gerais

 

Regulamento

1. Objetivos

1.1 A Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Computação que tem por objetivos:

a. Estimular o interesse pela Computação e por Ciências em geral.
b. Promover a introdução de disciplinas de raciocínio computacional e técnicas de programação de computadores nas escolas de ensino médio e fundamental.
c. Proporcionar novos desafios aos estudantes.
d. Identificar talentos e vocações em Ciência da Computação de forma a melhor instruí-los e incentivá-los a seguir carreiras nas áreas de ciência e tecnologia.

2. Modalidades

2.1 A OBI será realizada em três modalidades: Modalidade Iniciação, Modalidade Programação e Modalidade Universitária. Cada uma dessas modalidades é sub-dividida em Níveis, de acordo com a escolaridade e dificuldade das tarefas apresentadas.
2.2 Na Modalidade Iniciação, as tarefas das provas versarão sobre problemas de lógica e problemas de computação (sobre lógica de programação, mas sem o uso de computador).
2.3 Na Modalidade Programação, as tarefas da prova versarão sobre problemas de programação, com uso de computador, exigindo conhecimento de estruturas de dados e técnicas de programação.
2.4 Na Modalidade Universitária, as tarefas da prova versarão sobre problemas de programação, com uso de computador, exigindo conhecimento de estruturas de dados e técnicas de programação.
2.5 Cada participante pode ser inscrito em apenas uma modalidade e nível.

3. Fases

3.1 A OBI será realizada em três fases: Local, Estadual e Nacional.
3.2 As provas da Fase Local e da Fase Estadual serão realizadas na escola onde o aluno realizou a inscrição. As provas da Fase Nacional serão realizadas em sedes designadas pela organização da OBI, preferencialmente universidades localizadas nas capitais dos estados ou em cidades com grande concentração de competidores classificados.
3.3 Em cada fase, os melhores classificados serão convocados a participar da fase seguinte, conforme descrito a seguir.

A) Convocados para a Fase Estadual

3.4 Em cada Escola, para cada modalidade e nível, serão convocados para a Fase Estadual os melhores classificados na Fase Local, até o limite de 30% dos participantes efetivos da Escola na Fase Local, na respectiva modalidade e nível.

B) Convocados para a Fase Nacional

3.5 Em cada Estado, para cada modalidade e nível, serão convocados para a Fase Nacional os melhores classificados na Fase Estadual, até o limite de 30% dos participantes efetivos do Estado na Fase Estadual, na respectiva modalidade e nível.

4. Eligibilidade

4.1 Nas modalidades Iniciação e Programação é permitida a participação de alunos com no máximo 20 anos completos até primeiro dia de julho do ano de sua participação, e que obedeçam aos requisitos específicos das modalidades, descritos a seguir. Na modalidade Universitária não há limite de idade para participação.

A) Modalidade Iniciação - Nível 1

4.2 É permitida a participação de alunos que estejam cursando até o sétimo ano do Ensino Fundamental.

B) Modalidade Iniciação - Nível 2

4.3 É permitida a participação de alunos do Ensino Fundamental.

C) Modalidade Programação - Nível Júnior

4.4 É permitida a participação de alunos do Ensino Fundamental.

D) Modalidade Programação - Nível 1

4.5 É permitida a participação de alunos do Ensino Fundamental, e de alunos até o primeiro ano do Ensino Médio.

E) Modalidade Programação - Nível 2

4.6 É permitida a participação de alunos que estejam cursando o Ensino Fundamental ou até o terceiro ano do Ensino Médio.

F) Modalidade Universitária

4.7 É permitida a participação de alunos que estejam cursando, pela primeira vez, o primeiro ano de um curso de graduação, no momento da prova da Fase Local da OBI.

5. Inscrições

5.1 As inscrições deverão ser feitas em Escolas habilitadas pela organização da OBI. Na modalidade Iniciação não é necessário o uso de computadores. Na modalidade Programação e na modalidade Universitária a escola deve disponibilizar um computador por aluno no dia da prova, além de software de ambiente de programação para ao menos uma entre linguagens Pascal, C, C++, Java, Javascript e Python.
5.2 Cada Escola deve credenciar um professor responsável (Delegado Local da OBI), através da página da OBI.
5.3 O Delegado Local da OBI é responsável por (a) inscrever os alunos que irão fazer a prova em sua escola, responsabilizando-se pela veracidade de informações; (b) realizar a competição em sua escola, no dia marcado, garantindo o sigilo das provas; (c) enviar as soluções dos competidores das modalidades Programação e Universitária para a organização da OBI, para correção; (d) corrigir as provas dos competidores da modalidade Iniciação das Fases Local e Estadual, a partir de gabaritos fornecidos, e registrar a pontuação de cada aluno no sistema da OBI;
5.4 As inscrições deverão ser registradas pelos Delegados Locais no sistema da OBI até a data limite divulgada.

6. Provas

6.1 As escolas devem obedecer rigorosamente as datas e horários estabelecidos pela organização da OBI para as provas, sob pena de desclassificação dos competidores.
6.2 As tarefas das provas serão estabelecidas pelo Comitê Científico (CC), nomeado pela Comissão Nacional da OBI.
6.3 As datas de realização das provas da OBI serão divulgadas antecipadamente através da página oficial da OBI.
6.4 No dia da prova será permitido o uso somente de lápis, caneta ou lapiseira, borracha, régua e papel para rascunho (não é permitido o uso de calculadoras).
6.5 É obrigatória a apresentação, no dia da prova, de documento de identificação com foto recente, expedido por órgão oficial (Secretaria da Educação, Segurança Pública, Forças Armadas, UNE, UMES ou Ministério do Trabalho).
6.6 O competidor que chegar atrasado no dia da prova não poderá participar da competição.

A) Modalidade Iniciação - Níveis 1 e 2

6.7 As provas serão compostas de questões de múltipla escolha, cada uma com cinco alternativas e somente uma alternativa correta.

B) Modalidade Programação - Níveis Júnior, 1 e 2

6.8 Durante a prova, cada participante deverá ter acesso individual a um computador pessoal, com capacidade adequada de processamento, sem acesso à Internet, com um ambiente de programação (no mínimo um editor de texto) e compiladores para as linguagens de programação permitidas pela OBI (ao menos uma linguagem).
6.9 As provas serão compostas de tarefas de programação cuja solução envolve a implementação de um programa de computador em uma das linguagens de programação permitidas na OBI.

C) Modalidade Universitária

6.10 Durante a prova, cada participante deverá ter acesso individual a um computador pessoal, com capacidade adequada de processamento, sem acesso à Internet, com um ambiente de programação (no mínimo um editor de texto) e compiladores para as linguagens de programação permitidas pela OBI (ao menos uma linguagem).
6.11 As provas serão compostas de tarefas de programação cuja solução envolve a implementação de um programa de computador em uma das linguagens de programação permitidas na OBI.

7. Linguagens de Programação

7.1 Na Modalidade Programação e na Modalidade Universitária, nas Fases Local, Estadual e Nacional, os competidores podem submeter soluções nas seguintes linguagens de programação:

  • Pascal
  • C
  • C++
  • Python
  • Java
  • Javascript
7.2 Na Seletiva para a Olimpíada Internacional, para os melhores classificados da Modalidade Programação Nível 2, os competidores podem submeter soluções nas seguintes linguagens de programação:
  • C
  • C++
  • Java
  • Pascal
7.3 Os programas submetidos pelos competidores serão compilados em ambiente Linux, utilizando os seguintes compiladores e linhas de comando:
  • C: Compilador GCC versão 4.6.4 ou superior - Linha de comando: gcc -lm -o executavel fonte.c
  • C++: Compilador G++ versão 4.6.4 ou superior - Linha de comando: g++ -lm -o executavel fonte.cpp
  • Pascal: Compilador FreePascal versão 2.4.4 ou superior - Linha de comando: fpc -o executavel fonte.pas
  • Python: Interpretador versão 2.7.3 ou superior
  • Java: JDK 7 ou superior - Linha de comando: java -Xmx512m -Xms512m fonte.class
  • Javascript: Node.js, versão v0.6.12 ou superior
7.4 Todos os esforços serão feitos para compilar corretamente os programas submetidos, com os compiladores acima e eventualmente ainda outros. No entanto, programas que após todas as tentativas ainda apresentarem erros de compilação devido ao uso de compiladores ou de linhas de comando diferentes das indicadas serão considerados incorretos.

8. Resultados

8.1 Todos os resultados oficiais serão divulgados, juntamente com o gabarito das provas, na página oficial da OBI na Internet (http://www.sbc.org.br/olimpiada).
8.2 Para fins de classificação em cada Fase calcula-se uma Nota da Fase.
  • Na modalidade Iniciação, a nota de cada Fase é obtida dividindo-se o número de acertos pelo número de questões da prova e multiplicando o resultado por 500, ou seja

  • Nota Iniciação = 500 x (Número de acertos / Número de questões da prova)

  • Nas modalidades Programação e Universitária, a nota de cada Fase é obtida dividindo-se o número de pontos obtidos pelo número de pontos totais de cada prova e e multiplicando o resultado por 500, ou seja:

  • Nota Programação = 500 x (Pontos obtidos / Total de pontos da prova)

8.3 A classificação dos competidores na Fase Local, em cada modalidade e nível, é determinada pela Nota da Fase Local; a classificação dos competidores na Fase Estadual, em cada modalidade e nível, é determinada pela Nota da Fase Estadual;

8.4 A Classificação Final dos competidores na OBI, em cada modalidade e nível, é determinada pela Nota Final, calculada pela nota da Fase Local mais 5 vezes a Nota da Fase Estadual, mais 15 vezes a Nota da Fase Nacional, ou seja:

Nota Final = (Nota da Fase Local) + 5 x (Nota da Fase Estadual) + 15 x (Nota da Fase Nacional)

9. Certificados e Medalhas

9.1 Todos os participantes, delegados e colaboradores terão direito a certificados. Os melhores classificados terão direito a medalhas nas categorias ouro, prata e bronze, em quantidades a serem determinadas plea Comissão Nacional, dependendo da quantidade de participantes e dos resultados.
9.2 Os certificados serão disponibilizados na Internet para impressão local.
9.3 Se a escola desejar receber os certificados impressos deverá pagar, previamente ao envio, uma taxa destinada a cobrir os custos de correio.
9.4 Se alunos da escola fizerem juz a medalhas, elas serão enviadas junto com os certificados impressos, mediante o pagamento prévio da Taxa de correio.
9.5 O valor da Taxa de correio é R$ 30,00 para escolas públicas e R$ 60,00 para escolas privadas.

10. Semana Olímpica da OBI

10.1 A Semana Olímpica da OBI é destinada aos melhores classificados da Modalidade Programação da OBI e será realizada no Instituto de Computação da Unicamp. Durante a Semana Olímpica acontecem os Cursos de Programação da OBI e a Seletiva para a IOI.
10.2 Os alunos serão convidados para a Semana Olímpica da OBI em ordem decrescente de classificação de acordo com a disponibilidade de vagas.

Cursos de Programação da OBI

10.3 Os melhores classificados da OBI nas Modalidades Programação Nível Júnior e Programação Nível 1 serão convidados a participar dos Cursos de Programação da OBI, no Instituto de Computação da UNICAMP, EXCETO alunos que se enquadrem no item 10.5.
10.4 Os seguintes Cursos serão oferecidos durante a Semana Olímpica da OBI:

  • Curso de Aperfeiçoamento em Programação, para os melhores classificados da Modalidade Programação Nível Júnior.
  • Curso de Programação Avançada, para os melhores classificados da Modalidade Programação Nível 1.
10.5 Mesmo tendo uma boa classificação, um aluno participará no máximo uma vez em cada um dos Cursos oferecidos. O intuito é que o aluno, após o Curso, avance para o próximo nível da competição e possa ser convidado para um Curso mais avançado.

Seletiva para a IOI

10.6 Os melhores classificados da OBI na modalidade Programação Nível 2 serão convidados a participar da Seletiva para a IOI (Olimpíada Internacional de Informática).
10.7 A Seletiva para a IOI consiste de uma série de aulas, treinamentos e provas classificatórias. Haverá quatro provas: três provas de duas horas de duração e que podem conter de uma a três questões, e de uma prova que pode conter de três a cinco questões. O Total de Pontos da seletiva será obtido somando-se a pontuação obtida em todas as provas.
10.8 Comporão a equipe brasileira na IOI os quatro alunos com maior Total de Pontos da seletiva. Em caso de empate, será utilizada a classificação na OBI para desempate. Persistindo o empate, a Comissão Nacional da OBI decidirá um critério de desempate.
10.9 Os alunos serão convidados para a Seletiva da IOI em ordem decrescente de classificação de acordo com a disponibilidade de vagas. A critério da Comissão Nacional, poderão também ser convidados os melhores classificados na modalidade Programação Nível 2 que possam participar de mais de uma IOI (por exemplo, o melhor classificado cursando o primeiro ano do ensino médio, o melhor classificado cursando o nono ano do ensino fundamental, etc).
10.10 Será solicitado, pela Organização da OBI, auxílio para custear a vinda dos participantes para a Semana Olímpica da OBI. Se este auxílio não for possível, as despesas de transporte, estadia e alimentação correrão por conta dos participantes.
10.11 Todo aluno que for convidado para a Semana Olímpica da OBI deve participar de todas as atividades agendadas e seguir as regras estabelecidas. A agenda das atividades e as regras serão divulgadas futuramente para os alunos convidados.

11. Disposições Gerais

11.1 As escolas e os participantes, ao inscreverem-se na competição, concordam implicitamente com as regras estabelecidas.
11.2 As eventuais despesas com transporte, alimentação e hospedagem deverão correr por conta dos participantes.
11.3 A Comissão Nacional da OBI terá a última palavra sobre a interpretação deste regulamento.

 

Promoção: SBC Apoio: CNPq Apoio: Algar Telecom Coordenação: Unicamp